Museu MARCO - 4 Mostras 4 Artista

, 14/02/2017

Detalhes

O Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso, em parceria com a Galeria Andrea Rehder Arte Contemporânea, abre, no dia 14/02 às 19h30, 4 mostras individuais dos artistas Alessandra Rehder, Ana Ruas, Katia Canton e Marcos Amaro. As exposições permaneceram até dia 26/03/2017.
Alessandra Rehder "Subtração & Forma"

 

"Sua câmera também voltou-se para a natureza, com foco nas questões ambientais que afligem o homem contemporâneo. Nessa série. Em cor, apresentada na mostra Subtração e Forma, fixa-se um contraponto a esse conjunto de preocupações com a devastação do meio ambiente. O nomadismo do olhar sobre esses problemas globais guiou seus registros da cultura e da natureza nessa busca inconformista. Segundo Alessandra: "nunca foi tão desigual o tratamento dado à infância". Isso tudo importa, inquieta e sensibiliza a artista que com suas lentes colheu imagens  em comunidades de baixo IDH, em países de culturas diversas. Indonésia, Tailândia, Vietnam, Brasil, Filipinas, West Papua, Índia, Jamaica e Turquia são parte do seu extenso roteiro de trabalho." (Wagner Barja)

 

Ana Ruas "Floresta Encantada"

 

"A obra de Ana Ruas como um todo se elabora a partir de questões próprias da linguagem da pintura. Nesta série, Floresta Encantada, a artista pesquisa imagens retiradas da natureza e do imaginário infantil, ora preenchendo pequenas telas em séries, ora cobrindo um grande painel, feito com o tecido de uma grande tela, suspenso. Neste caso, contou com a colaboração das crianças que frequentam seu ateliê. Em todas essas possibilidades, busca respostas para as relações entre as formas e as cores, o lúdico e o espaço, o suporte e a imagem, a vivência do ateliê e questões lúdicas."

 

Katia Canton "A Casa dos Contos de Fadas"

 

"Katia Canton investiga os usos das narrativas dos contos de magia na construção da cultura. Particularmente, interessa-lhe o lugar atribuído à mulher e à criança no universo das narrativas, em suas diversas representações na história ocidental, desde a tradição oral pré-medieval, até seus modos contemporâneos. Em contos clássicos como Cinderela ou Rapunzel, experiências do feminino se mesclam como memórias e, em suas variações, ressoam nas pinturas, desenhos, fotografias e instalações poéticas. Revisitando criticamente ideias sobre o lúdico, o frágil, o onírico e a domesticidade. A Casa dos Contos de Fadas busca descobrir, nas formas apresentadas por Katia, como acessar as forças nos ligam à vida, que nos curam, que acendem o desejo de viver, de prosseguir e de intensificar esse viver." (Eliane Dias de Castro)

 

Marcos Amaro "Desconstruções e Articulações"

 

"Marcos Amaro desconstrói os objetos na forma e no significado para reinventá-los. Entretanto, os fragmentos incorporados e reordenados pelo artista, trazem consigo registros de seus significados anteriores, como, por exemplo, um pedaço de tecido, ou uma camisa, nos remetem aos personagens ocultos que as utilizou. Ou ainda, um pedaço de porta que nos sugere o passar do tempo (energias armazenadas) e vivências acumuladas. São, portanto, sinais de vida que ainda palpitam nos objetos descartados. O artista, ao incorpora-los, afere a eles um novo pulsar de vida e de renovada força poética." (Fabio Magalhães)

 

Serviço
Exposição: "4 Mostras 4 Artistas"
Local: MARCO - Museu de Arte Contemporânea de MS
Abertura: 14 de Fevereiro de 2017 às 19h30
Visitação: até 26 de Março de 2017
Horário de funcionamento: Terça a Sexta das 7h30 às 17h30
                                       Sábados e Domingos das 14h às 18
                                       (Entrada gratuita)

Museu MARCO - 4 Mostras 4 Artista