Rita Gaspar Vieira

Leiria, Portugal, 1976

Biografia

Nasceu em Leiria em 1976. Vive e trabalha entre Leiria e Lisboa. Estudou Artes Visuais na Faculdade de Belas Artes, da Universidade de Lisboa, onde fez a Licenciatura em Artes Plásticas – Pintura; o Curso de Mestrado em Teorias da Arte e o Curso de Doutoramento em Belas Artes – na especialidade de Desenho.
Na sua obra tem vindo a problematizar a relação entre as práticas quotidianas, que constituem as rotinas do dia-a-dia, e os procedimentos artísticos que essas práticas constituem no trabalho, considerando a diferença criativa alcançada face à espectativa com que estas ações são desempenhadas. No conjunto dessas práticas o uso da água é determinante. Além disso, na sua práxis, é recorrente a produção de papel de algodão artesanal, que se constitui como génese do desenho e das suas instalações.
Expõe regularmente desde meados dos anos 2000, tendo como intervenção em espaços públicos a obra SPM (com parceria de Nuno Sousa Vieira), no Jardim de Santo Agostinho, Leiria, realizada em 2004. Destacam-se as seguintes exposições individuais: em 2018: A ver e dever – Project Room na Gal. Banco de Portugal, Leiria; Avessa – Gal. Belo Galsterer, Lisboa e Simpósio – Galeria Appleton Square, Lisboa, (comissariada por Sérgio Fazenda Rodrigues); em 2017: Trabalho do Lado – Ateliê Shirley Paes Leme, São Paulo, Brasil; em 2016: Murmúrio da SemelhançaFundação Portuguesa das Comunicações / Gal. Bessa Pereira, Lisboa e Voyage autour de ma chambreProjeto Q22, Colégio das Artes, Coimbra e em 2014: Marca D’Água #1 Projeto digital para Empty Cube (comissariado por João Silvério); Linha D'Água - Museu de Santa Clara-a-velha, Cíclo Espelho, Coimbra (comissariada por Andreia Poças).
O seu trabalho está representado em coleções institucionais como a Coleção PLMJ e ainda em várias coleções privadas.